Please use this identifier to cite or link to this item: https://rigeo.sgb.gov.br/handle/doc/15541
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorROISENBERG, Ari-
dc.contributor.authorPULGATI, Fernando Hepp-
dc.contributor.authorFREITAS, Marco Alexandre-
dc.date.accessioned2016-03-07T18:47:18Z-
dc.date.available2016-03-07T18:47:18Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationCUNHA, Gustavo Garcia da et. al. Hidrogeoquímica do Sistema Aquífero Serra Geral na região do Alto Rio Uruguai, noroeste do Rio Grande do Sul e sua relação espacial com a tectônica rúptil. Pesquisas em Geociências, Porto Alegre, v. 43, n. 1, p. 55-67, jan./abr., 2016.pt_BR
dc.identifier.issn1518-2398-
dc.identifier.urihttps://rigeo.sgb.gov.br/handle/doc/15541-
dc.description.abstractO presente estudo visa contribuir para melhorar o conhecimento sobre o Sistema Aquífero Serra Geral (SASG), reconhecendo diferentes tipos geoquímicos de águas subterrâneas e testando a existência de relações com as estruturas tectônicas na região do Alto Rio Uruguai, Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. A metodologia utilizada envolveu a aquisição de dados de poços tubulares georreferenciados da região, traçado de lineamentos morfotectônicos por meio de imagens de satélite e filtragens em Sistema de Informações Geográficas (SIG), geração de mapas temáticos e análise estatística dos dados obtidos. Foram traçados 1.981 lineamentos tectônicos, sendo esses separados por padrões de direções. Os lineamentos de direção NE-E e NW-W são dominantes na área. A variação das Fácies hidrogeoquímicas demonstrou uma correlação positiva com a densidade de lineamentos. As Fácies CaMg e Águas Mistas apresentam características de baixo tempo de residência, estando provavelmente relacionadas à captação de águas associadas a áreas de recarga do SASG, sendo a primeira conectada com lineamentos de direção NE-E e N-NW e a segunda com a direção NW-W. A Fácies Na, relacionada com lineamentos de direção NE-E e NW-W, apresenta valores de pH alcalinos, baixa dureza e elevado teor de Sólidos Totais Dissolvidos (STD), que sugerem mistura com águas provenientes do Sistema Aquífero Guarani (SAG) subjacente. As Fácies FeK e F estão associadas possivelmente com zonas de recarga ascendente do SAG ou mesmo de aquíferos mais profundos, a primeira apresentando conexão com as direções NE-E e NW-W e a segunda com lineamentos N-NE.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherUFRGSpt_BR
dc.rightsopenpt_BR
dc.subjectHIDROGEOLOGIApt_BR
dc.subjectHIDROGEOQUÍMICApt_BR
dc.subjectFÁCIES HIDROGEOQUÍMICASpt_BR
dc.subjectAQUÍFERO FRATURADOpt_BR
dc.subjectDENSIDADE DE LINEAMENTOSpt_BR
dc.titleHidrogeoquímica do Sistema Aquífero Serra Geral na região do Alto Rio Uruguai, noroeste do Rio Grande do Sul e sua relação espacial com a tectônica rúptilpt_BR
dc.typeArticlept_BR
dc.localPorto Alegre-
Appears in Collections:Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
art_hidrogeoquimica_rio_uruguai.pdfArtigo39,05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.